• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Notícias
  • MPT reúne órgãos e ONGs para discutir proteção da juventude em Barreiras

MPT reúne órgãos e ONGs para discutir proteção da juventude em Barreiras

Um encontro para conhecer e articular ações coordenadas entre órgãos públicos e a sociedade civil organizada. Assim pode ser definido o evento promovido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) na tarde de ontem (14/12) no auditório do Ifba em Barreiras, oeste baiano.

Representantes da área social da prefeitura, conselheiros tutelares, professores da rede pública, além de representantes de órgãos como Polícia Militar, Juizado da Infância e Juventude e Ministério do Trabalho do Brasil discutiram meios para fortalecer a rede de proteção de crianças e adolescentes no município, com foco no combate ao trabalho infantil.

Para a procuradora do MPT e organizadora do 1º Encontro da Rede de Proteção da Criança e do Adolescente de Barreiras, Lydiane Machado, “esse foi um momento fundamental para que possamos, muito em breve, atuar de forma muito mais articulada e integrada, combatendo o trabalho infantil e a exploração sexual de crianças e jovens com a participação tanto de órgãos públicos envolvidos com a questão e de organizações não governamentais”. Ela destacou a grande participação de diversos seguimentos. “Pudemos expor como atuam o MPT o Ministério do Trabalho e a Secretaria Municipal de Assistência Social, nossos desafios e abrimos várias frentes para que outros órgãos e ONGs possam se integrar nesse esforço de rede”, destacou.

Participam do evento o MPT, o Ministério do Trabalho, o Conselho Tutelar de Barreiras e a Secretaria Municipal da Assistência Social e Trabalho. Além desses, também enviaram representantes a Polícia Militar, a Polícia Rodoviária Federal, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, a Prefeitura Municipal pelas Secretarias da Educação e da Saúde e a Justiça Estadual por meio do Juizado da Criança e do Adolescente.

Para a procuradora do Ministério Público do Trabalho Lydiane Machado, “a atenção à infância e à juventude depende de políticas transversais executadas por diversos atores. Por isso, estamos reunindo secretários municipais, conselheiros tutelares, educadores e todos os que atuem em políticas de proteção de crianças e jovens para integrar e potencializar os esforços de cada um, criando efetivamente uma rede de proteção”.

A procuradora do MPT Lydiane Machado organizou o encontro
A procuradora do MPT Lydiane Machado organizou o encontro

Imprimir

Home page - slide banners

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • banner direitos coletivos